Quer receber
nossos informativos?
Podemos ajudá-lo?
Faça uma solicitação!
Hotéis - exclusivo
Agente de Viagem
Outras Localidades
0800-770 7979
São Paulo
Tel:(11) 4504-4544

Vancouver

Vancouver -

beira do Pacífico, mas cercada de montanhas nevadas, florestas, praias e muito verde, Vancouver  é considerada – com justa razão - uma das cidades mais bonitas do mundo. E uma das favoritas dos brasileiros também pelo clima bem mais ameno, com invernos que raramente baixam a menos zero e verões que podem chegar a 30 graus. E mais popular ainda porque é a porta de entrada para Whistler  – são 115 km de distância - a melhor estação de esqui da América do Norte, com temporada de novembro até o final de maio. De fato, são duas montanhas – Whistler e Blackcomb, com 200 pistas variando de 609 metros a 2.285 metros de altura e 2862 hectares de área para esquiar. Não bastasse todos os lifts disponíveis, agora as duas montanhas estão unidas pela Peak 2 Peak Gondola, uma cápsula suspensa por cabos que leva esquiadores e turistas de um lado para o outro, num trajeto de 3 quilômetros feito em apenas 11 minutos e a quase 500 metros de altura. A visão de 360º é fantástica! Outra vantagem de Whistler é sua total infra estrutura de resort existente entre as duas montanhas, o chamado Whistler Village, altamente utilizado também no verão quando as atividades serão golfe, cavalgadas, pescaria de trutas e tantas outras ao ar livre, em cenários cinematográficos.

 

Para radicais e urbanos

Quer emoção? Então Capilano Suspension, em North Vancouver, é a dica. Esta é uma ponte (137 metros) suspensa sobre uma garganta com 70 metros de altura, originalmente construída em 1889, com cordas e madeira (como aquelas do Indiana Jones) agora é pendurada com cabos de aço em meio a um parque. Mas quem tiver problema de altura poderá simplesmente desfrutar da natureza, em caminhadas e observando os totens indígenas. É também lá que fica a estação do bondinho – Skyrider - que sobe 1100 metros chegando em  8  minutos ao topo da Grouse Mountain, de onde se tem uma visão geral da área metropolitana de Vancouver e do oceano Pacífico. Na mesma montanha, outra emoção nas alturas: o Eye of the Wind, uma dessas turbinas geradoras de energia eólica onde é possível subir para ver de numa cápsula envidraçada, toda a região em 360º. Bem perto de Vancouver ficam ainda muitos parques nacionais e algumas reservas marinhas.
EmTofino, uma ilhota-cidade, é o lugar de se observar orcas e, em outras localidades litorâneas, lontras, focas, leões marinhos.

Vancouver é a principal cidade da British Columbia - BC, a província a extremo oeste do Canadá, como outras, também multicultural. Só que aqui a imigração inclui grande número de asiáticos. Tanto que a sua Chinatown é um dos pontos turísticos mais visitados, assim como o  Punjabi Market, mercado indiano. Mas japoneses, coreanos, gregos e italianos também se estabeleceram por lá. Portanto, o que não falta é variedade de compras e restaurantes de mil-e-um sabores onde reinam os peixes e frutos do mar.

 

O que ver em Vancouver?

Commercial Drive, ou "The Drive”, antes conhecida como “Little Italy”,  lugar favorito de estudantes, escritores, artistas e boêmios, cheio de restaurantes e bares. Gastown, a parte mais antiga da cidade, com muitos cafés, lojas de artesanato, butiques, e pubs e o típico calçamento de paralelepípedos; totalmente restaurada nos anos 70, com suas mansões vitorianas e o relógio a vapor que toca e solta fumaça a cada 15 minutos e que todo turista quer ver. Já quem estiver em busca de grifes, restaurantes de luxo e teatros deve ir à Robson Street, no centro e, em West End, uma movimentada área da cidade, muitas compras, restaurantes, cafés. Turistas mais contemplativos vão encontrar no Chinese Garden  um refúgio tranqüilo.

 

Saskatchewan,  Manitoba e mais

O nome indígena Saskatchewan, que significa “rio veloz”, tem sua razão de ser porque nessa província o que não falta é água. Milhares de lagos, rios e pântanos e metade de seu território ainda coberto por florestas e pradarias a perder de vista onde vivem ruminantes bisões.
Manitoba é outro grande território que fica bem no centro do Canadá e igualmente formado a partir de muitos grupos étnicos que substituíram os primeiros britânicos. Winnipeg,  rodeada de parques, é sua capital, onde vive mais da metade da população.
Mas o Canadá consegue sempre surpreender. Onde quer que a gente olhe sempre haverá terá uma paisagem dessas de calendário para fotografar seja um lago refletindo montanhas nevadas, seja a natureza exuberante mostrando sua grandeza, sejam caiáquis em lagos verde esmeralda, sejam baleias dançando aos olhos dos turistas, seja a tundra ártica em Churchill, a “capital mundial do urso polar” ou o território do Yukon, no extremo noroeste, que já foi cenário da corrida do ouro, onde a aurora boreal que colore o céu de azul e verde e onde é possível passear em trenós puxados por cães husky. Ou cidades que preservaram o antigo convivendo com o moderno, tudo isso e ainda mais: um país contemporâneo, bem organizado, seguro e acolhedor. Um destino para ir e voltar mais de uma vez.


Solicite uma chamadda
de nossos especialistas!
Podemos ajudá-lo?
Faça uma solicitação!
Outras Localidades
0800-777-804922
São Paulo
Tel:(11) 4504-4544


Consulte abaixo alguns de nossos roteiros:

Rota de Mar a Mar - sem aéreo
19 Dias 17 Noites
Rota de Mar a Mar - 2019
Aurora Boreal em Yukon com Vancouver
8 Dias 6 Noites
Aurora Boreal em Yukon com Vancouver
Vancouver À Sua Maneira
5 Dias 4 Noites
Vancouver À Sua Maneira
Transcanadense - sem aéreo
17 Dias 14 Noites
Transcanadense
Rota Rocky Circle Mountain - sem aéreo
11 Dias 9 Noites
Rota Rocky Circle Mountain - 2019
Rota Rocky Mountain Express - sem aéreo
9 Dias 7 Noites
Rota Rocky Mountain Express - 2019