Quer receber
nossos informativos?
Solicite uma chamada
de nossos especialistas!
Podemos ajudá-lo?
Faça uma solicitação!
Outras Localidades
0800-770 7979
São Paulo
Tel:(11) 4504-4544

GRÉCIA: GRANDE ROTEIRO GREGO

Circuito GRÉCIA: GRANDE ROTEIRO GREGO
8 Dias 7 Noites
a partir de
R$ 3.618,00
US$ 1.080,00
+ taxas:
R$ 0,00
US$ 0,00

Ver valores para data selecionada

Roteiro

Dias
1
  • Atenas
  • Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Nota:
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/09/2017 e 24/10/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 05/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/09/2017 e 25/10/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 06/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/09/2017 e 26/10/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 07/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/09/2017 e 27/10/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/09/2017 e 25/03/2018 saídas às Domingo, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Chegada. Traslado ao hotel. Resto do dia livre. Acomodação
2
  • Atenas
  • Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Nota:
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/09/2017 e 24/10/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/09/2017 e 25/10/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 05/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 26/10/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 06/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 27/10/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 07/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 25/03/2018 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
3
  • Atenas, Corinto, Náuplia, Olímpia, Micenas
  • Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Nota:
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 24/10/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 05/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 25/10/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 06/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/09/2017 e 26/10/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 07/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 27/10/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 25/03/2018 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
4
  • Delfos, Olímpia
  • Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Nota:
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 24/10/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/09/2017 e 25/10/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 05/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/09/2017 e 26/10/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 06/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 27/10/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 07/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/09/2017 e 25/03/2018 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Saída para o Canal de Corinto (breve parada).A história desta cidade começa com o assentamento dos Dorios no século IX a.C., que a convertem numa grande potência naval. Na atualidade é uma das cidades gregas mais notáveis e um importante nodo de comunicações. O templo do Apóstolo Pablo nos recorda que São Paulo esteve pregando por estas terras. Visitaremos o famoso teatro de Epidauro, conhecido mundialmente por sua acústica. Pasando pela cidade de Nauplia chegaremos a Mycenas: a Acrópolis, aqui se visita a Tumba de Agamenon, a Porta dos Leões. Continuamos a Olympia, atravessando o Peloponeso central. Jantar e Acomodação
5
  • Delfos, Kalambaka
  • Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Nota:
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 24/10/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 05/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 25/10/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 06/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 26/10/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 07/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 27/10/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 25/03/2018 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Em Olympia conheceremos seus grandiosos templos, fileiras de colunas, altares, etc. Visitaremos as ruínas arqueológicas, o estádio e o Museu de Olímpia, onde se expõem os achados da região, entre os quais de destacam a cabeça de pedra de Hera, a estátua de mármore de Hermes, etc. Pela tarde, saída a Patras, pasando pela nova Ponte Pênsil, a maior do mundo, e chegada a Delfos. Jantar e acomodação.
6
  • Atenas, Meteora, Kalambaka
  • Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Nota:
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 24/10/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 25/10/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 05/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 26/10/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 06/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 27/10/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 07/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade: a praça da Constituição, o Parlamento, a Biblioteca Nacional, a Universidade e a Academia. Ao passar pela rua Herodou Atticus, podemos ver o ex Palácio Real e à frente, o Túmulo do soldado desconhecido, custodiado pelos pitorescos Evzones; o estádio Panatenaico, o Templo de Zeus e o Arco do Adriano. Entrada à Acrópoles onde veremos: os Propileus, o Templo de Ateneia Nike, o Templo grego do Erection, com seu famoso pórtico das Cariátides e o Parthenon. Tarde livre, que podem aproveitar para visitar livremente o novo Museu da Acrópoles ou passear pelo bairro típico da Plaka, a Praça Syntagma, também conhecida como a Praça da Constituição no coração da cidade, um dos lugares mais populares da cidade ou ver a troca de guarda dos Evzones que se realiza a cada hora. Acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 25/03/2018 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Delfos, cidade onde se combinam a natureza com as lendas. Muitos anos atrás se levantou nesta, o majestoso e imponente Santuário de Apolo, deus da beleza e da música, onde se podiam comunicar os homens e os deuses através do oráculo. Visitaremos o museu no que poderemos ver o renomeado Auriga de Delfos, em bronze e o Agias de Lisipo, entre outras obras mestras. Visita das zonas arqueológicas de Delfos. Depois partiremos para o norte para chegar à cidade de Kalambaca, na qual se destaca a catedral do Século XII. Jantar e acomodação.
7
  • Atenas
  • Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Nota:
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 24/10/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 05/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 25/10/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 06/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 26/10/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 07/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 27/10/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, traslado ao Porto para embarcar em um agradável cruzeiro para 3 das ilhas gregas mais pitorescas: Aegina, habitada desde a época neolítica. Os escritos do historiados Pausanias, nos relatam que próximo ao porto estavam erguidos templos de Afrodita, Apolo, Artemisa, Dionísios e Asclépio. O lugar arqueológico mais significativo é o Templo de Afea, padroeira da ilha. Tempo livre para visitar as pequenas lojas, para nadar ou fazer uma excursão opcional ao Templo de Afea, muito bem conservado. Continuação à ilha vulcânica de Poros, com seu belo e pequeno porto cheio de cafeterias e lojas. A ilha possui bonitos edifícios neoclássicos, a Torre do Relógio (1927) e o Museu Arqueológico de Koziris, com restos do santuário de Posseidon. E por último, Hydra, uma das ilhas mais belas do Egeu no golfo sarônico. O porto, com forma de anfiteatro ou meia lua, constitui um collage onde se misturam as cores vivas das tabernas ao ar livre, as cafeterias, as butiques, ... Toda a atmosfera desta ilha sugere arte e criação. A arquitetura desta ilha é algo característico. Cabe destacar as casas senhoriais, entre elas, distinguimos a Casa de Bulgaris e a Casa de Kunduriotis. Uma curiosidade desta ilha é que não circulam carros, sendo o transporte público, os burros ou taxis aquáticos. Durante o percurso, almoço a bordo. Pela tarde, retorno ao porto. Chegada e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
    Entre o dia 01/09/2017 e 25/03/2018 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Saída em direção à Meteora e visita de dois dos seus impressionantes monastérios encravados sobre as rochas, que você jamais vai esquecer. Neste lugar de bosques, desfiladeiros e pitorescos povoados, em plena região da Tessália (considerada pela mitologia como a morada dos deuses e também como o país dos Centauros) se encontram a mais de 600 anos, 24 monastérios bizantinos. Sobre uma grande planície, o de Tessália, como por arte de magía, surge da terra numerosas montanhas de rocha escura, estreitas e de considerável altura, perpendiculares a terra. Sobre alguns destes estranhos e impressionantes maciços rochosos se encontram, totalmente inacessíveis, os monastérios. As suas construções começaram a ser realizadas no século XIV e finalizaram no século XVI. Os monastérios chegaram a ser vinte. O motivo de edificá-los em lugares tão inacessíveis foi, em princípio , por motivos defensivos, já que a única maneira de subir era com uma espécie de cesta que jogavam de cima; e as provisões eram levadas pelos nativos da região. Ao finalizar a visita saída para Atenas passando pelas Termópilas. À tarde, chegada a Atenas e traslado ao hotel. Acomodação.
8
  • Aegina, Atenas, Hydra (Idhra), Poros
  • Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Nota:
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Segunda-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/09/2017 e 24/10/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Terça-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/09/2017 e 25/10/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 05/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Quarta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/09/2017 e 26/10/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 06/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/09/2017 e 27/10/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 07/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/09/2017 e 25/03/2018 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/07/2017 e 31/08/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/05/2017 e 30/06/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.
    Entre o dia 01/04/2017 e 30/04/2017 saídas às Domingo, o percurso será:Café da manhã. Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto para embarcar no vôo que lhe levará ao seu destino. Fim dos nossos serviços.